Lendo agora:
Opinião: A gourmetização da moda urbana
Leitura de 3minutos

Opinião: A gourmetização da moda urbana

Depois da comida, do café, da cerveja e outras tantas coisas, chegou a vez do streetwear ser atingido pelo raio gourmetizador.

Apesar de compreender o momento atual do mercado da moda urbana mundial ainda custo a entender o porque da vertente ter mudado tanto. O estilo sempre se manteve à margem do que a moda tradicional considerava correto, isso por envolver movimentos urbanos como skate, hip hop, punk, os quais grande parte da sociedade comum torce o nariz. Esses elementos, enraizados na cultura underground das grandes metrópoles, é que traziam toda originalidade do streetwear.

Depois que a Supreme quebrou essa barreira lançando a collab com a Louis Vuitton, as portas se abriram, e parece que não irão fechar tão cedo para parcerias desse calibre. Casos mais recentes, como da GUESS convidando Sean Wotherspoon para resgatar peças vintage, da KITH apresentando colação junto com a Versace e da Palace colaborando com a Polo Ralph Lauren, reforçam essa tese.

Muitos dizem que isso é importante para a moda urbana pois mostra que a vertente conseguiu chegar lá. Ai eu pergunto: chegar lá aonde? O streetwear nunca precisou de aprovação e certificação de nenhum meio, justamente por isso grande parte das marcas podem fazer o que bem entendem. Existe uma liberdade criativa enorme que não precisa ser credenciada por estilistas de nome. Ai você pode pensar “Ah isso é síndrome de underground”, não é não, só acho que a parada tomou um rumo elitizado que não corresponde ao todo.

Para mim a moda urbana vem sendo gourmetizada pelas marcas de luxo há algum tempo. Claro que para as marcas collabs desse tipo são ótimas afinal elevam seus nomes a outro patamar e isso reflete em mais vendas. Esse lado comercial é uma linha bem tênue que de certa forma afasta pessoas que realmente gostam da marca e acaba privilegiando quem tem poder aquisitivo maior, mesmo que esses não sejam adeptos do estilo.

Não me vejo representado por essa moda urbana atual. Acho que o estilo é mais do que isso e tem uma riqueza cultural bem maior. Só espero que o streetwear não acabe trocando as ruas pelas semanas de moda. Se isso acontecer o real sentido de pertencer à esse meio vai ter se perdido. Por isso, mantenho meu para-raio ativado, dessa forma o raio gourmetizador não irá me atingir.

Deixe um comentário

Input your search keywords and press Enter.
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!